Abril marrom e o combate à cegueira

0
286

 

O mês de abril é dedicado à prevenção, combate e reabilitação de diversos tipos de cegueira. Dados do IBGE apontam que no País existem mais de 6,5 milhões com deficiência visual, sendo 583 mil cegas e 6 milhões com visão subnormal. Mais: a Agência Internacional de Prevenção à Cegueira (IAPB) calcula que, no Brasil, 33 mil crianças sejam cegas devido a doenças oculares que poderiam ter sido evitadas ou tratadas precocemente.

Entre as crianças, glaucoma congênito, retinopatia da prematuridade e toxoplasmose ocular congênita são as principais causas para a cegueira. “Daí a importância da realização do exame oftalmológico para descoberta antecipada de problemas que podem levar à perda da visão. O teste do olhinho, por exemplo, é capaz de detectar a catarata, o glaucoma congênito e qualquer patologia ocular congênita que cause opacidades de córnea”, explica a oftalmologista Keila Monteiro de Carvalho, diretora do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO).

Segundo a médica, a história não é muito diferente entre a população com idade superior a 60 anos. Catarata, glaucoma e degeneração macular relacionada à idade (DMRI) são as três principais causas de cegueira entre os idosos. “Estima-se que três milhões de brasileiros, com idade acima de 65 anos, sofram da DMRI, em estágios variados de evolução” comenta a especialista.

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.