A Sétima Missa Templária reuniu 800 pessoas, entre elas mais de 500 maçons

0
616

Durante a missa, o Instituto de Lideranças Empresariais do Estado de São Paulo fez a doação de uma lancha para o Instituto Anglicano

 

No dia 21 de abril, cerca de 800 pessoas, entre elas mais de 500 maçons do Brasil inteiro reuniram-se na Catedral Anglicana de Santo Amaro para celebrar a 7° Missa Templária, que teve o objetivo de arrecadar fundos para as sete creches administradas pelo Instituto Anglicano.

Durante a missa, que foi celebrada pelo Reverendo Aldo Quintão, representantes do Instituto de Lideranças Empresariais de São Paulo (ILESP), fizeram a doação de uma lancha, que será leiloada e terá o valor convertido para as obras assistenciais do Instituto Anglicano.

Reverendo Aldo Quintão celebra a Sétima Missa Templária

“A iniciativa do ILESP e da maçonaria, é uma benção de Deus porque a Bíblia Sagrada diz “bem aventurado, bendito aquele que cuida do órfão e da viúva”. Então, essa lancha vai ser única e exclusivamente para a construção do nosso orfanato. Só tenho que agradecer, louvar e bendizer a Deus”, disse o reverendo Aldo.

O presidente do ILESP e Grande representante do Grão Mestre da Noruega no Brasil,  Mario Mariano Machado, falou um pouco sobre o sentido da missa templária para a maçonaria. “A missa templária começou com o intuito de agregar os irmãos que são membros da Ordem Templária no Brasil, mas foi através da divulgação nas lojas maçônicas que se abriu espaço para os irmãos maçons não templários. O que nós estamos sentindo nesse ano é um crescimento na adesão de membros maçons participantes, principalmente no que diz respeito às campanhas de assistência, administradas pela Catedral Anglicana e pelo Instituto Anglicano”, explicou.

Mario Mariano, presidente do ILESP, adentrando a catedral, e ao lado direito, os integrantes da ordem dos Demolays

Os Templários são pessoas intelectuais e empresariais com alto nível aquisitivo. O equipamento (atualmente apenas ritualístico) de combate é igual aos tradicionais cavaleiros, porém, não é admitido o uso de nenhuma marca, broche, símbolo ou emblema de identificação. Os Templários foram uma força fragmentada por mais de 600 anos e sobreviveram como uma organização secreta.

No Brasil, desde o ano de 2012, fora fundada uma Organização Religiosa dedicada ao estudo e formação dos templários, nos moldes em que se davam pela Idade Média, essa Ordem se chama Ordem dos Cavaleiros Templários do Brasil, e está localizada no Estado de São Paulo.

- Patrocinado -

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.