Grupo Sul News

Dores no joelho podem ser sintoma de síndrome femuropatelar

Estalos ao andar ou correr e sensação de areia dentro da articulação são outros sinais de alerta

A síndrome femuropatelar é uma lesão que acomete o joelho. Esse problema é causado normalmente por um desalinhamento da patela em relação ao fêmur, causando dor na parte superior ou central da patela.

As causas mais comuns para essa síndrome são o encurtamento dos músculos ísquios tibiais e do quadríceps, fraqueza da porção vasto medial e do quadríceps e fraqueza dos músculos do quadril e do CORE (grupo muscular estabilizadores da coluna), que  geram um aumento do ângulo Q (ângulo entre o quadril e a borda superior da patela), fazendo com a patela saia de seu trilho.

O tratamento pode ser feito com fisioterapia. O início se dá pelo ganho de ADM (amplitude de movimento), através do alongamento dos músculos quadríceps e ísquios tibiais. Os exercícios de fortalecimento não são uma musculação comum; deve ser feito um trabalho de força e ganho de massa com os músculos do CORE, glúteo médio e vasto medial.

O segundo passo é o trabalho proprioceptivo, que aumenta a consciência corporal e o equilíbrio. São recomendados exercícios que promovam a instabilidade, com bola suíça, cama elástica e saltos. Depois disso, o paciente pode voltar normalmente às suas atividades diárias práticas de exercício físico, seja ele de alto rendimento ou não.

Créditos: Doutor Marcos Vitullo e Doutora Fúlvia Vieira da clínica de fisioterapia Mobilize.

Rua Américo Brasiliense, 2171 – Chácara Santo Antônio- SP

TEL.: 11 3569-2392| 97220-6110

Adicionar comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com