Grupo Sul News

Dermatologista alerta para cuidados com a pele no inverno

Começou a estação caracterizada por clima seco, pouca umidade do ar e baixas temperaturas

Começou a estação caracterizada por clima seco, pouca umidade do ar e baixas temperaturas A combinação entre o frio e baixa umidade do ar pode resultar em uma pele sem brilho e ressecada. Durante o inverno, estação que teve início nesta quarta-feira (21), é comum sentir o rosto, por exemplo, mais seco e com aspecto grosso em virtude da mudança de clima. Porém, com pequenas atitudes no cotidiano é possível diminuir estas alterações.

A água quentinha pode ser uma aliada na hora de combater o frio do inverno, mas a temperatura elevada é a grande vilã da pele saudável. “Os banhos quentes aceleram o ressecamento e devem ser evitados, já que tiram a oleosidade natural da pele. A água deve estar morna mais para fria e o uso de buchas deve ser evitado”, enfatiza o dermatologista Gilvan Alves.

Assim como nas outras épocas do ano, manter a hidratação é fundamental. Carregar cremes hidratantes na bolsa pode ajudar a sustentar o hábito na correria do dia a dia. As partes expostas, como mãos e rosto; e as extremidades, como joelhos e cotovelos; são as que mais devem receber esta atenção.

Evitar ar condicionado também está na lista dos cuidados com a pele no inverno, visto que o aparelho diminui a umidade do ar, o que pode tirar o viço natural da pele, deixando-a áspera e seca. “Quem ficar diariamente sob o ar condicionado deve ter cuidados diários de hidratação, priorizando produtos mais fluidos e com menos óleo, principalmente para a região do rosto”, orienta Gilvan. A orientação do médico é dar preferência para o umidificador.

 

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link