Grupo Sul News

Como manter a imunidade e a dieta no inverno

A estação mais fria do ano exige alguns cuidados com a saúde e melhores escolhas de  alimentação

Gripe, resfriado rinite, bronquite e infecções respiratórias. Basta chegar à frente fria que os sintomas dessas doenças começam a aparecer. Além do ar seco e do frio, a variação da temperatura colabora para que as pessoas fiquem com a imunidade baixa, ou seja, mais expostas a esses sintomas. Segundo a nutricionista comportamental, Patrícia Cruz, devemos redobrar os cuidados com a nossa alimentação no inverno. “Alguns alimentos ajudam a reforçar a proteção do organismo por reunir muitos componentes que fortalecem a imunidade. Além disso, também podemos fazer escolhas saudáveis que nos ajudem a manter a dieta nessa época”, ressalta a especialista.

A nutricionista Patrícia Cruz indica os alimentos que não podem faltar no seu cardápio durante essa estação.

Água:  “Com as temperaturas mais baixas sentimos menos sede, porém, é preciso manter a mucosa das vias aéreas hidratadas. Dessa forma, faça a ingestão de água diariamente”, recomenda Patrícia.

Chás:  São quentes, apresentam poucas calorias e auxiliam na hidratação.  “Aposte em ervas como, por exemplo, cidreira, camomila, hortelã com pouco açúcar e acrescente rodelas de limão ou laranja. Frutas cítricas são muito bem-vindas neste momento”, aconselha a nutricionista.

Frutas cítricas: Devem aparecer com maior frequência neste período, pois são ricas em vitamina C e reforçam o sistema imunológico. 

Saladas: Neste período as saladas frias não podem ser deixadas de lado. Os vegetais folhosos podem ser consumidos em forma de salada, refogados com pouco óleo e sal ou a vapor. “Sua dieta irá continuar rica em fibras e micronutrientes como ferro, cálcio e vitamina A que são importantes para reforçar o sistema imunológico”, conta Patrícia.

Carne vermelha, frango, peixe: São fontes de zinco mineral que atuam diretamente no reforço do sistema imunológico.

Arroz integral, aveia, granola e pães integrais: No inverno a fome aumenta e também o desejo por doces e alimentos mais ricos em carboidratos. Para que não haja o risco de ganho de peso e desequilíbrio na dieta opte por carboidratos integrais que causam maior saciedade e auxiliam no controle do peso. 

Adicionar comentário

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com