Grupo Sul News

Problemas com calçadas e buracos nas ruas perturbam moradores do Brooklin

Calçadas pequenas e quebradas dificultam o acesso de pedestres. Um mapeamento das ruas esburacadas foi feito pelos moradores, mas apenas 14 ruas receberam operação tapa buraco da Prefeitura

A reportagem da Gazeta do Brooklin e Campo Belo percorreu diversas ruas do bairro a fim de verificar a situação das calçadas e vias na região. Diversas ruas tem calçadas muito pequenas, algumas delas com postes bem no meio dificultando a passagem de pedestres.

“Tem um poste bem na entrada da garagem do prédio que trabalho, e não podemos guardar os carros. Além disso, Prefeitura disse que não pode tirar o poste. As calçadas aqui da região são pequenas e quebradas. Eu já caí aqui na calçada do prédio e fui parar no Pronto Socorro”, relata Maria José, que trabalha na Rua Pássaros e Flores.

Ainda na Pássaros e Flores, o lixo também é um dos fatores que impedem a passagem de pedestres. Os moradores colocam o lixo nas calçadas, e os pedestres tem que andar na rua, dividindo espaço com os carros. Na Rua João de Lacerda Soares, esquina com a Avenida Roque Petroni Junior, pedestres tem dificuldade de andar por conta das árvores que tomam o espaço da passagem.

Outro problema frequente são os buracos. A moradora Luciana Centrone, afirma que há mais de um ano existe um buraco entre a Rua Emboabas e Joaquim Nabuco. “Toda hora tenho que desviar do buraco entrando na outra faixa. Outro dia fecharam o buraco, mas não colocaram asfalto e agora encheu de pedras o quarteirão”, afirma.

Em maio deste ano, alguns moradores se juntaram para fazer um mapeamento das ruas esburacadas. A moradora Ana Paula Minervini entrou em contato com os órgãos públicos e não obteve respostas. Através de um ofício entregue por um vereador a Prefeitura Regional recebeu uma lista de ruas para fazer operações. “Fizemos um ofício com a demanda de buracos da região. A Prefeitura Regional disse que algumas ruas seriam privilegiadas para recapeamento e tapa buraco. Eles ficaram de atender metade da demanda, mas não falaram do resto”, explica.

Da lista de ruas esburacadas, feita pelos moradores, a Prefeitura Regional de Santo Amaro realizou a operação tapa buraco em 14 ruas da região durante o mês de agosto.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link