Grupo Sul News

Infraero abre licitação para criação de megalojas na área do Aeroporto de Congonhas

O novo centro de compras e serviços  pretende atender usuários e funcionários do aeroporto, além de moradores da região

 

O espaço, com 28,5 mil metros quadrados, tem contrato no valor de R$40 milhões e permite uso da área durante 25 anos. As propostas serão recebidas até 12 de setembro, com prazo de 36 meses para conclusão do projeto.

Até o dia 12 de setembro a Infraero recebe propostas para a concessão dos antigos galpões da VASP, ao lado do Aeroporto de Congonhas, área que tem 28,5 mil metros quadrados.

A concessão prevê a implantação de megalojas, estacionamento e atividades suplementares e de serviços. O preço inicial da concessão é de R$40 milhões de reais, com contrato de 25 anos de utilização da área, que fica na esquina da Avenida Washington Luís com a Rua Tamoios.

“Além da localização privilegiada, a proposta da megaloja pretende aproveitar o potencial do negócio para oferecer opções de serviços à comunidade local, passageiros e usuários do aeroporto, que poderão contar com um centro de compras e serviços”, afirma  Antônio Claret de Oliveira, presidente da Infraero.

O valor de R$40 milhões de reais pode ser parcelado em até duas vezes, sendo R$20 milhões até o décimo dia útil da assinatura e o restante durante os  24 meses subsequentes. No processo está previsto preço mínimo mensal de R$380 mil com 3% de lucro sobre o faturamento bruto mensal do concessionário.

Segundo Claiton Resende de Faria, superintendente de Negócios em Áreas Externas e Serviços Aéreos, “após assinatura do contrato, a empresa tem o prazo de 24 meses para apresentar os projetos e licenciamentos de construção. Após aprovação, os projetos devem ser realizados em 12 meses, para que o estabelecimento entre em operação em 36 meses após a assinatura”.

A criação da megaloja faz parte do projeto de ampliação do Aeroporto de Congonhas. O projeto Inova Congonhas, que ainda prevê edital para a reforma dos terminais do aeroporto, foi anunciado e adiado em 2016, ainda sem data para abertura de concessões.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link