Grupo Sul News

Sociedade Brasileira de Urologia organiza diversas ações em prol do Novembro Azul

A ideia da campanha Novembro Azul, tem por objetivo lembrar e chamar atenção para cuidados com a saúde masculina e realização de exames preventivos, em combate ao câncer de próstata

O mês de novembro é tomado pela cor azul. Prédios e monumentos importantes são iluminados. Instituições e personalidades apoiam a causa, que tem por objetivo chamar a atenção para cuidados com a saúde masculina e realização de exames preventivos.

A ideia da campanha Novembro Azul, que hoje é mundial, foi inspirada no movimento australiano “Movember”, em que homens deixavam o bigode crescer e mulheres usavam azul, para apoiar a causa.

O mês de novembro foi escolhido por conta do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, comemorado no dia 17.

A Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo (SBUSP), realiza a campanha Novembro Azul, com diversas ações programadas para a capital paulista.

No dia 10 de novembro, haverá um mutirão para esclarecimento de dúvidas sobre a doença, tipos de tratamentos, idade indicada para iniciar os exames de prevenção como o Antígeno Específico da Próstata (PSA – sigla em inglês) e toque retal. A ação acontece no Conjunto Nacional da Avenida
Paulista, das 12h às 15h.

Já no domingo, dia 12 de novembro, das 10h às 12h, ocorrerá uma caminhada no Parque do Povo, no Itaim Bibi, com o objetivo de chamar a atenção do público masculino sobre a importância de cuidar da saúde de forma integral para ter mais qualidade de vida e longevidade. O encontro é aberto aos visitantes.

No dia 13 de novembro, segunda-feira, às 8h30, a SBUSP participa do evento “Saúde do Homem”, promovido pela Coordenação Nacional de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, que, na ocasião, também será mencionada a iniciativa e campanha de conscientização sobre as doenças masculinas.

Segundo o INCA – Instituto Nacional de Câncer, a estimativa é que, em 2017, cerca de 61.200 mil casos de câncer de próstata sejam diagnosticados no País. Só no Estado de São Paulo são 291.090 registros. O câncer de próstata é a segunda principal causa de óbitos e a mais comum entre os homens em todo o mundo, depois do câncer de pulmão.

Dados da American Cancer Society revelou que, cerca de 1 em 7 homens será diagnosticado com câncer de próstata durante a vida. O diagnóstico é feito por meio do toque retal (exame digital da próstata), onde é avaliada as características da glândula e, se detectado um nódulo endurecido, será indicada a biópsia. Existem outros exames complementares.

Vale lembrar que, a prevenção de doenças não se restringe apenas ao câncer de próstata, mas também outras patologias como hipertensão, obesidade, diabetes, que precisam ser prevenidas e tratadas.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link