Grupo Sul News

Santa Casa de Santo Amaro se torna referência em Cirurgia Endovascular

Em quatro meses de serviço já são mais de 200 pacientes por mês, através do Sistema Único de Saúde

Há quatro meses, a Santa Casa de Misericórdia de Santo Amaro, localizada na região do Largo Treze, abriu uma nova área de atendimento, especializada em cirurgia endovascular em alta complexidade, as angioplastias. Aproximadamente 14 mil pacientes são atendidos, por mês, na Santa Casa.

A reportagem da Gazeta de Santo Amaro esteve na Santa Casa para conhecer as instalações e os novos procedimentos que vem sendo oferecidos aos pacientes da cidade.

“Nós fazemos, em média 200 cirurgias de varizes, por mês, e cirurgia endovascular, são em torno de 60 ao mês. Em São Paulo, são os maiores dados do SUS (Sistema Único de Saúde). Na região Sul da cidade, só a Santa Casa faz esse procedimento na parte endovascular”, explica o Dr. Saulo di Tarso, cirurgião vascular responsável pela área.

O novo setor veio complementar outra área do hospital, após o fechamento da maternidade, em maio. Em parceria com a Secretária de Saúde, a Santa casa realizou um planejamento para que as gestantes fossem encaminhadas  a outros hospitais da região.

“Esse setor novo de cirurgia endovascular apresenta um novo procedimento, a hemodinâmica, e hoje somos referência no SUS. Então, esse serviço veio em substituição da maternidade. Nós aumentamos também as cirurgias ginecológicas. Fechamos um lado mas abrimos outros serviços”, complementa o Dr. Roberto Magno, 1° Vice Provedor do hospital.

Da esquerda para direita: Dr. Alan Ferreira (cirurgião vascular); Flavio Lacerda (auxiliar de enfermagem); Anderson Alves (enfermeiro); Thais Silveira (supervisora de enfermagem hemodinâmica); Dr. Guilherme Del Grande (diretor técnico); Iara Schettine (assessora técnica da Superintendência); Danilo Masiero (superintendente); Marcio Pereira (1°Secretário) e Roberto Magno (1°Vice Provedor)

 

O fechamento do setor, não impediu a Santa Casa de oferecer serviços para recém-nascidos. “Como não há mais maternidade, a UTI  Neonatal oferece leitos para receber crianças que nascem em outro hospitais, e que necessitam realizar procedimentos de alta complexidade a nível cirúrgico e cirurgia infantil”, afirma a Assessora Técnica da Superintendência, Iara Schettine.

A Santa Casa de Santo Amaro realiza 12.900 consultas de especialidades por mês, e cerca de 53 mil exames laboratoriais, desde pacientes diretos e encaminhamentos de outros hospitais.

Em breve a administração do hospital passará a oferecer um serviço de oftalmologia, especializado em glaucoma. A previsão é de que 1000 pacientes sejam atendidos por mês.

 

3 comentários

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link