Grupo Sul News

Há 50 anos… Vamos Humanizar Santo Amaro

No jornal Gazeta de Santo Amaro em sua 376ª edição (14 de julho de 1967), publicamos uma matéria em que o prefeito da capital, Brigadeiro Faria Lima destinou a Santo Amaro, verbas para o setor de obras.

Confira!

A GAZETA DE SANTO AMARO iniciou a campanha de limpeza e humanização de nosso bairro. Como primeiro passo para efetivação da medida, a reportagem esteve em contato com o sub-prefeito para ouvir dele os projetos em execução para o setor.

Inicialmente, o dr. Oswaldo Teixeira Duarte informou que o setor de intimações tem funcionado razoavelmente, com fiscalizações severas, intimando proprietários que não tenham providenciado a construção de muros e passeios. “Uma equipe de seis fiscais,- acentuou- tem apresentado semanalmente dez intimações cada, num total de 60 por semana”.

Lembrou que o prefeito da capital, brig. Faria Lima tem dado a Santo Amaro, prioridade para verbas destinadas ao setor obras, tanto é que reservou cerca de 20 bilhões de cruzeiros velhos, “cifra até então, jamais destinada a uma sub-prefeitura”. “Esse numerário-disse-será utilizado na execução das seguintes obras: pavimentação de 88 ruas e construção de guias de sarjetas para 138 ruas, além da limpeza de 25 mil m2 de carregos através de 4 maquinas já adquiridas e na construção de 18 pontilhões e 8 escolas novas”, – Quanto ao problema do acumulo de lixo em locais indevidos, o sr. Sub-prefeito informou que já foram expedidas 1.200 intimações. Acentuou também que o problema das aguas sobre algumas ruas do bairro, causando mal-estar aos pedestres, está sendo paulatinamente resolvido, lembrando que esse setor tem verbas de apenas 300 milhões de cruzeiros velhos. “Que será consumida só com a construção da galeria da Vila Prel”. “Esse setor- prosseguiu- conta com carência de verbas no momento, pois, há que se resolver o problema das aguas nas ruas Delmiro Sampaio, Adolfo Pinheiro e Progresso”.

O dr. Oswaldo Teixeira Duarte destacou ainda, que, para construção a galeria na rua Delmiro Sampaio, necessitaria da aplicação da ordem de 75 milhões de cruzeiros velhos.

ALÇADA DA LIGHT

Falando sobre problema do alinhamento dos postes da rua Joaquim Nabuco, no Brooklin, o sr. Sub-prefeito informou que “poste é da alçada da light”.

Disse que a sub-prefeitura já enviou àquela companhia, 4 mil pedidos para alinhamento de postes em diversas ruas do bairro e adjacências e, que, na medida do possível, a Light vem atendendo a essas reivindicações.

 

O texto foi retirado dos arquivos do Grupo Sul News, portanto a grafia foi mantida como antigamente.

Adicionar comentário