Grupo Sul News

Ampara Animal e Prefeitura firmam parceria para centro de castração de cães e gatos no Brooklin

O equipamento terá capacidade para a realização mensal de aproximadamente 1.000 cirurgias. Será o primeiro hospital público veterinário da Zona Sul.

Uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a Associação das Mulheres Protetoras dos Animais Rejeitados e Abandonados (AMPARA Animal) para viabilizar a criação de um Centro de Controle Populacional Animal, foi anunciada pelo prefeito João Doria no dia 27 de setembro.

O equipamento será construído em um terreno na Avenida Professor Vicente Rao, no Brooklin, cedido pela Prefeitura. A parceria, viabilizada pela Secretaria Especial de Investimento Social, prevê que a AMPARA Animal, com a ajuda de empresas parceiras, garanta toda a infraestrutura necessária para a realização das ações de esterilização cirúrgica de cães e gatos.

O centro terá capacidade para a realização mensal de aproximadamente 1.000 cirurgias de castração de cães e gatos, atendendo uma das demandas mais solicitadas pelos defensores da causa animal e evitando problemas de saúde pública. O atendimento prestado será gratuito.

“Estamos criando uma política pública adequada e correta para os animais, que antes não existia. O centro será de primeiro mundo e cumprirá um papel essencial para a sociedade”, disse o prefeito João Doria.

Todos os trabalhos desenvolvidos no local irão atender as exigências da resolução 2579, de outubro de 2016, do Conselho Regional de Medicina Veterinária, que normatiza os procedimentos de contracepção de cães e gatos em mutirões de esterilização no Estado de São Paulo.

“A criação desse centro é a concretização de um grande sonho, pois teremos um lugar adequado para atender, com a melhor qualidade, animais carentes e necessitados”, enfatizou Juliana Camargo, presidente da AMPARA Animal.

Cerca de R$ 3 milhões foram liberados para a coordenadoria de proteção animal, através de emenda parlamentar do vereador Reginaldo Trípoli. “Com este valor, poderão ser realizadas 30 mil esterelizações”, afirmou.

Os atendimentos acontecerão seis dias por semana e serão feitos com hora marcada, na própria unidade. O centro contará com recepção, sala de triagem, centro cirúrgico, salas de pré, pós-operatório e de esterilização, além de vagas para estacionamento.

Os proprietários de cães e gatos que necessitarem de atendimentos de urgência e emergência poderão se dirigir aos hospitais públicos veterinários localizados nas regiões Leste e Norte da cidade, que funcionam de segunda a sexta-feira com distribuição das senhas para atendimento entre 6h e 10h.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link