Grupo Sul News

Sair da zona de conforto pode te levar ao sucesso

Segundo especialista, sua carreira começa no fim da sua zona de conforto

Você está satisfeito? Há espaço para melhorias? Vem à sua mente alguma coisa que você não faz, mas gostaria de fazer? Identificado quais comportamentos o incomodam e o que você gostaria de realizar na sua vida, o próximo passo é agir. Existe um mundo cheio de possibilidades para além do que você conhece. Saindo da zona de conforto, você experimentará um sentimento de realização que vai aumentar sua confiança e lhe permitir usar todo o seu potencial para alcançar o sucesso.

De acordo com a gestora Madalena Feliciano, de uma empresa de recolocação, estar fora da sua zona de conforto vai lhe causar uma onda de energia e adrenalina seguida por um sentimento de euforia leve, lhe fará bem tanto pessoal quanto profissionalmente. Esse pode ser o gatilho para fazer um projeto sair do papel ou para alterar as suas funções de trabalho. Se você trabalha no mesmo emprego há algum tempo, mesmo estando insatisfeito com ele, provavelmente você está na sua zona de conforto”, explica.

“Frases como ‘Isto é impossível para mim’, ‘Isto é muito difícil’ consequentemente faz com que a pessoa se agarre à sua zona de conforto, como se sua vida dependesse disso”, diz Madalena. Mas você já se perguntou por que crescer na carreira é tão importante? E, principalmente, o que você espera realmente conquistar na sua trajetória profissional? Em quer que seja que consista a sua zona de conforto, você paga um preço enorme por isso.

Ainda existe um mundo cheio de possibilidades além do que você já conhece. Saia da zona de conforto e conquiste a carreira que tanto almeja. O primeiro passo é com você, depois as coisas acontecem naturalmente; porém, o conforto está longe de ser confortável, pois, se ele não tem um bem material quer conquistá-lo, e se, já o possui, teme perder. “A saída que as pessoas intencionam é a de manobrar um pouco, de tal forma que não percam completamente o controle. Elas querem sentir um pouco menos de desespero, tristeza ou ansiedade, mas nunca questionam em que parte de sua personalidade produzem esse estado de espírito perturbador”, conclui Madalena.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link