Grupo Sul News

Jovens podem tirar título de eleitor sem agendamento prévio nesta semana

A Semana do Jovem Eleitor é uma iniciativa do Tribunal Superior Eleitoral. Com menos burocracia a justiça pretende incentivar os menores a participarem da vida política do país

Até 10 de novembro jovens de 16 a 18 anos incompletos podem tirar o título do eleitor sem agendamento prévio em todos os cartórios eleitorais e centrais de biometria do Estado. Para isso, basta levar o RG original e um comprovante de residência recente. Com menos burocracia a justiça pretende incentivar os menores a participarem da vida política do país.

A Semana do Jovem Eleitor é uma iniciativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com participação de todos os regionais, e conta com a veiculação de campanhas de conscientização voltadas aos jovens no rádio, na TV e nas redes sociais.

De acordo com dados do TSE, eleitores entre 16 e 17 anos representam atualmente pouco menos de 1% do eleitorado brasileiro. No Estado de São Paulo, representa apenas 0,54% de seu eleitorado atual. Segundo números do IBGE, a população brasileira com 16 e 17 anos soma cerca de 6.8 milhões de pessoas. Já o número de eleitores entre 16 e 17 anos é de somente 1.428,340 milhões, o que equivale a pouco menos de 20% do total de jovens nesta faixa etária. Ou seja, no país, até o momento, apenas um em cada cinco jovens para os quais o voto é facultativo tirou seu título e está habilitado para exercer este direito em 2018 – ano em que os eleitores votam para presidente, governador, deputado federal, deputado estadual e duas vezes para senador.

Após a Semana do Jovem Eleitor o título eleitoral pode ser feito sem agendamento nos postos da Justiça Eleitoral do Poupatempo e, com agendamento, nos cartórios eleitorais.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link