Grupo Sul News

Prefeitura inaugura Centro Temporário de Acolhimento para moradores de rua em Santo Amaro

O novo CTA terá capacidade para 220 pessoas. Este é o primeiro CTA que tem um canil, com espaço para abrigar 36 cães. Além disso, são oferecidas 6 vagas de estacionamento de carroças para quem trabalha com reciclagem

Nesta quinta (26), o prefeito João Doria inaugurou o sétimo Centro Temporário de Acolhimento (CTA) para pessoas em situação de rua. O espaço está localizado na Avenida Miguel Yunes, em Santo Amaro.

O novo CTA é exclusivo para homens e funcionará 24 horas por dia. Cerca de 170 vagas são para dormir e 50 para atividades de convivência durante o dia. As primeiras vagas serão disponibilizadas para quem já permanece em ruas da região. A abertura do espaço está prevista para o dia 5 de novembro.

“O controle de vagas será feito pela Secretaria de Assistência Social, já com a experiência de outros 6 CTAs que foram inaugurados e tem operado bem. Hoje nós já temos 1711 empregos gerados no setor privado. É ainda um número pequeno, mas crescente”, afirmou o prefeito.

O CTA Santo Amaro foi construído em um espaço da Prefeitura que estava abandonado há 20 anos. A estrutura da reforma foi feita por uma empresa privada de engenharia, que entregou a obra em 75 dias. O investimento é de aproximadamente R$ 650 mil. Na inauguração, os representantes da empresa afirmaram que os moradores do novo centro receberão capacitação e emprego na construção civil de seus projetos.

A administração do Centro será feita pela Associação Beneficente Caminho de Luz (ABECAL). Cerca de 33 profissionais vão trabalhar no CTA, desde assistentes sociais, psicólogos, cozinheiros, agentes operacionais. O espaço tem 2 dormitórios masculinos, cozinha, refeitório, banheiros, ambulatório, lavanderia, sala de treinamento, além de um canil e estacionamento de carroças para quem trabalha com reciclagem.

“Aqui vai ter uma coisa diferente dos outros, vai ter canil e veterinário pra cuidar dos cachorros do morador de rua que vem pra cá. Tem alguns que não saem da rua porque não querem abandonar o cachorro. Nós vamos administrar e cuidar de todo o processo. Normalmente a permanência dura um tempo de 6 meses para recuperação. Os que estão buscando ajuda esse tempo não é interrompido. A gente faz isso pra incomodar e fazer ele melhorar de postura, pois, os que querem melhorar a gente não interrompe o estudo”, afirmou Roberto Souza de Oliveira, presidente da ABECAL.

Os outros seis CTAs estão localizados nos bairros do Brás, Aricanduca, Vila Mariana, Butantã e Barra Funda.

Até 2020 a prefeitura pretende entregar 44 CTAs, sendo que 17 serão até dezembro deste ano. “Esse é o sétimo CTA. Desde que nós começamos o projeto, inauguramos um CTA por mês e agora na etapa final vamos inaugurar 10. Serão 5 em novembro e 5 em dezembro, ao todo serão 17. Isso não existia em São Paulo, e com esses 17 CTAs estaremos em condições de atender quase 3 mil pessoas em situação de rua”, disse o prefeito João Doria.

Adicionar comentário

Cadastre-se em nossa
Newsletter

Receba Notícias, Eventos, e muito mais
da sua Região.
CADASTRAR
Caso não queira se cadastrar ou já tenha se cadastrado,
basta fechar essa janela para continuar lendo.
close-link